MONTEMOR-O-VELHO CASTELO E VILA

VISITA VIRTUAL 360º


Montemor-o-Velho Castle and Village

Of Arab origin, Montmayur is discribed in the 10th Century as an important fortification. It´s strategic position made it particularly coveted by Christian and Muslim forces, explaining the innumerable battles fought there. Only after 1064, with the definitive conquest of Coimbra, was the situation stabilised, although the Muslim armies returned to attack in 1116-1117. In 1071, D.Afonso VI from Castela handed Montemor-o-Velho to D.Sesnando so that he would settle the region and prepare defences for the region against invasion. The first record of settlement was conferred by D.Raimundo, in 1095, and a Charter was bestowed, in 1212, by Infanta D.Teresa, daughter of D.Sancho I and the Lady of the Town.

CASTELO E VILA

De origem muçulmana, Montmayur é descrita no século X como uma poderosa fortaleza. A sua posição estratégica tornou-a particularmente cobiçada por forças cristãs e muçulmanas, o que explica os inúmeros combates aqui travados. Só a partir de 1064, com a conquista definitiva de Coimbra, a situação viria a estabilizar, ainda que em 1116-1117 voltasse a ser atacada pelos muçulmanos.
Em 1071, D.Afonso VI entregou Montemor-o-Velho a D.Sesnando para que este povoasse a região e preparasse a estrutura para o seu papel determinante de defender a região de eventuais incursões marítimas. A primeira carta de povoação foi outorgada por D.Raimundo, em 1095, e a carta de foral foi dada, em 1212, pela infanta D.Teresa, filha de D.Sancho I e sonhora da Vila.
O Castelo terá sido palco de residência de grande parte da população, pelo menos enquanto as investidas muçulmanas foram ameaça. A sua configuração actual resulta de várias intervenções espaçadas no tempo. Na passagem do século XII para o XIII ergueu-se a torre de menagem e o alambor e no séc. XIV aumentou-se o perímetro da muralha, erguendo-se a barbacã para dificultar a aproximação do inimigo. Com o intuito de assegurar a integridade do castelo, D.Fernando mandou destruir casas que do lado de fora se encostavam à muralha. Do século XV data o cercado norte, edificado para refúgio às populações vizinhas e do século XVI datam as obras de remodelação da Igreja de Santa Maria de Alcaçova, promovidas pelo Bispo de Coimbra.

VIDEO