RUINAS DE CONIMBRIGA MURALHA SUL - TERMAS


VISITA VIRTUAL 360º


Muralha - Conimbriga

TERMAS DA MURALHA

A construção das termas da muralha insere-se provavelmente num momento em que a cidade adquire o seu estatuto municipal, por volta de 77 d.C., transformando-se em Flavia Conimbriga. Este processo é de vital importância para as transformações da malha urbana da cidade, o seu novo estatuto quebra o equilíbrio anterior entre o núcleo indígena e o romano.
As termas da muralha sofreram ao longo da sua existência um percurso complexo. Com uma implantação urbana marginal (mas localizadas talvez junto ao fórum municipal) zona marcadamente ocupada por uma classe abastada, foi-lhes conferida uma certa imponência e houve preocupação artística na ordenação e decoração interna dos espaços.